O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
  • Contribua enviando fotos, vídeos e notícias.
    Enviado por: Moradores Catalão.
    Moradores relatam falta de água em Catalão
    • ENQUETE
      Como você avalia o serviço de entrega dos Correios em Catalão?
      Selecione uma opção abaixo.
      Excelente
      Ótimo
      Bom
      Regular
      Ruim
      Péssimo

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  • 09 de Nov / 2012 - Natureza
    SEMARH monitora qualidade do ar nos municípios do interior
    Em Catalão, o índice registrado foi 117,04 μg/m3, considerado inadequado.

    A Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Goiás (SEMARH) realiza um trabalho inédito no interior de Goiás. Técnicos da Secretaria têm realizado monitoramento da qualidade do ar nos 20 maiores municípios do interior. O trabalho tem duração de um ano e terá quatro etapas, duas no período seco e duas no período chuvoso. A primeira etapa foi concluída, e mostra índices com alto grau de variação de partículas sólidas em suspensão entre estes municípios.

    Os resultados da segunda etapa devem ser concluídos em dezembro. Para o analista ambiental responsável pelo projeto, Eurivan Alves,  as prefeituras têm oferecido boa receptividade e apoio nas operações de medição de poluentes no ar. “Levamos os equipamentos, instalamos e realizamos o monitoramento da qualidade do ar. Pegamos os resultados e discutimos com as prefeituras as medidas possíveis para mitigar esta poluição”, diz.

    Esse monitoramento é importante visto que a qualidade do ar na região metropolitana de Goiânia e outras cidades do Estado se torna preocupante no período de estiagem, nos meses de julho a setembro, quando a concentração e dispersão de poluentes se agrava com o aumento da poluição atmosférica aliada a fatores físicos, químicos e climáticos. Além disso, com o aumento das atividades agroindustriais, é necessária a instalação de novas estações e aferição do Material Particulado e outros parâmetros como dióxido de enxofre (SO2) e monóxido de carbono (CO2) em outras localidades da região metropolitana de Goiânia e interior do Estado.

    O monitoramento ambiental a ser realizado utiliza os padrões e critérios estabelecidos  na lei nº 8.544/1978 (Lei de controle da poluição), a resolução do CONAMA nº 03/90 e a resolução do CONAMA nº 382/2006.

    Veja abaixo os índices de Qualidade do Ar (IQA) permitidos pelo CONAMA, na ordem de:

    Qualidade – Índice – Significado

    Boa – de 0 a 50 - Praticamente não há riscos à saúde.

    Regular – de 51 a 100 - Toda a população pode apresentar sintomas como tosse seca, cansaço, ardor nos olhos, nariz e garganta. Pessoas de grupos sensíveis (crianças, idosos e pessoas com doenças respiratórias e cardíacas), podem apresentar efeitos mais sérios na saúde.

    Inadequada – de 101 a 199 - Toda a população pode apresentar sintomas como tosse seca, cansaço, ardor nos olhos, nariz e garganta. Pessoas de grupos sensíveis (crianças, idosos e pessoas com doenças respiratórias e cardíacas), podem apresentar efeitos mais sérios na saúde.

    – de 200 a 298 - Toda a população pode apresentar agravamento dos sintomas como tosse seca, cansaço, ardor nos olhos, nariz e garganta e ainda apresentar falta de ar e respiração ofegante. Efeitos ainda mais graves à saúde de grupos sensíveis (crianças, idosos e pessoas com doenças respiratórias e cardíacas).

    Péssima – acima de 299 - Toda a população pode apresentar sérios riscos de manifestações de doenças respiratórias e cardiovasculares. Aumento de mortes prematuras em pessoas de grupos sensíveis.

    Veja abaixo a relação dos resultados das medições nos municípios do Monitoramento Itinerante da Qualidade do Ar/GMA – 2012:


    ORDEM – MUNICÍPIO – DATA – PARÂMETRO AVALIADO - RESULTADOS DA 1ª AMOSTRA

    01 TRINDADE 13/04/2012 Material particulado 41,91    μg/m3

    02 GOIÁS 11/04/2012 Material particulado 93,00    μg/m3

    03 SENADOR CANEDO 23/04/2012 Material particulado 51,12    μg/m3

    04 LUZIÂNIA 20/04/2012 Material particulado 47,47    μg/m3

    05 CATALÃO 24/04/2012 Material particulado 117,04    μg/m3

    06 CRISTALINA 27/04/2012 Material particulado 243,63    μg/m3

    07 SANTA HELENA 03/05/2012 Material particulado 34,60    μg/m3

    08 RIO VERDE 05/05/2012 Material particulado 103,21    μg/m3

    09 GOIATUBA 10/05/2012 Material particulado 8,34    μg/m3

    10 ITUMBIARA 07/05/2012 Material particulado 21,51    μg/m3

    11 CALDAS NOVAS 18/05/2012 Material particulado 34,72    μg/m3

    12 MORRINHOS 16/05/2012 Material particulado 14,74    μg/m3

    13 CIDADE OCIDENTAL 25/05/2012 Material particulado 46,98    μg/m3

    14 VALPARAÍSO 24/05/2012 Material particulado 53,22    μg/m3

    15 URUAÇÚ 31/05/2012 Material particulado 51,00    μg/m3

    16 NIQUELÂNDIA 30/05/2012 Material particulado 190,76    μg/m3

    17 JARAGUÁ 05/06/2012 Material particulado 76,91    μg/m3

    18 GOIANÉSIA 06/06/2012 Material particulado 38,30    μg/m3

    19 MINAÇÚ 13/06/2012 Material particulado 56,34    μg/m3

    20 JATAÍ 21/06/2012 Material particulado 46,91    μg/m3


    1
    Comentários
    Donildo cordeiro
    aqui em catalão apolição ta quase matando todo mundo ,esse cheiro de barata todos os dias que nunca foi resolvido, ta uma vergonha , cade o meio ambiente que não toma nen uma providencia,todos os dias esse fedor danado, ajuda nois por favor,não adianta falar ,nos vamos ivestigar, qual aempresa que fais este fedor, (é a Ultraferte ao lado do pontal norte), só pode aver algum enteresse, se quiser multa esta empresa,pelo amor de Deus faça alguma coisa,queremos respirar um ar livre.
    09 de Novembro de 2012 às 19:55:19
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
comercial@portalcatalao.com.br
financeiro@portalcatalao.com.br
ascom@portalcatalao.com.br
equipe
João Luiz Ribeiro, Bruno Felício, Jefferson Machado, Paulo Damasio, Vinícius Ramos, Sibylle Machado, Laisse Calaça, Juliana Ribeiro, André Sardinha.
SUBIR PÁGINA