O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
  • Contribua enviando fotos, vídeos e notícias.
    Enviado por: Moradores Catalão.
    Moradores relatam falta de água em Catalão
    • ENQUETE
      Como você avalia o serviço de entrega dos Correios em Catalão?
      Selecione uma opção abaixo.
      Excelente
      Ótimo
      Bom
      Regular
      Ruim
      Péssimo

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  • 09 de Nov / 2012 - Brasil
    Quadrilha é presa suspeita de fraudar Programa de Seguro Desemprego
    Mandados da Justiça de SP foram cumpridos pela PF de Uberlândia. Dois mil cartões cidadãos e 300 documentos pessoais foram apreendidos.

    A Polícia Federal (PF) de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, cumpriu na manhã desta quinta-feira (8), dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão contra quatro pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que fraudava o Programa de Seguro Desemprego.

    A quadrilha foi autuada em flagrante e foi conduzida ao Presídio Jacy de Assis. Os autores responderão pelos crimes de uso e falsificação de documentos públicos e particulares, falsidade ideológica, formação de quadrilha e estelionato. Eles também responderão por um segundo processo, iniciado pela Justiça de São Paulo.

    Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de São Paulo e cumpridos pela PF de Uberlândia, com o auxílio do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A operação nomeada como “Chakal”, devido ao primeiro nome dado a uma das empresas investigadas do caso, foi realizada em outras cidades como São Paulo, Ribeirão Preto, Jaboticabal, Catalão e Gurupi.

    Produtos apreendidos com a quadrilha. 2 mil cartões cidadãos e 300 documentos pessoais.

    Segundo o delegado de Polícia Federal, Emerson Aquino, os suspeitos criavam empresas com documentos pessoais falsos e simulavam demissões e contratações, requerendo junto ao MTE o pagamento do Seguro Desemprego. “Eles utilizavam esses documentos e algumas pessoas eram arregimentadas a emprestar o rosto, a fotografia para estes documentos. Assim esse grupo criminoso maior, que está sendo investigado em São Paulo, ia até as agências bancárias fazer o saque”, explicou.

    Ainda de acordo com a PF, os quatro suspeitos presos em Uberlândia são de outro estado, mas montaram a base operacional na cidade. A operação ocorreu em dois apartamentos alugados, um no Bairro Lídice e outro na área central de Uberlândia. Os suspeitos são duas mulheres e dois homens, com idades entre 25 e 30 anos.

    Na operação a polícia também apreendeu uma grande quantidade de material. Além de nove computadores, máquinas de impressão e carimbos, foram apreendidos mais de 300 carteiras de identidade falsas, 332 carteiras de trabalho, 2 mil cartões cidadãos e de CNPJ, contracheques e documentação de empresas fictícias. A polícia informou, também, que só o rosto de uma das duas mulheres suspeitas estava em mais de 80 documentos pessoais.

    Já foram identificadas mais de 280 empresas criadas pela suposta quadrilha. O MTE estima que a fraude pode superar R$ 30 milhões, mas o valor exato somente será apurado após a análise do material apreendido. O material foi apreendido e levado para a sede da PF, que iniciará as investigações do caso.

    (G1/Triângulo Mineiro).

     


    0
    Comentários
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
comercial@portalcatalao.com.br
financeiro@portalcatalao.com.br
ascom@portalcatalao.com.br
equipe
João Luiz Ribeiro, Bruno Felício, Jefferson Machado, Paulo Damasio, Vinícius Ramos, Sibylle Machado, Laisse Calaça, Juliana Ribeiro, André Sardinha.
SUBIR PÁGINA